Polícia investiga pacote suspeito em embaixada americana no Vaticano

Grupo anarquista já enviou explosivos a representações de Chile, Suíça e Grécia

AP,

29 de dezembro de 2010 | 12h31

O esquadrão antibombas da polícia italiana foi enviado à embaixada americana no Vaticano para investigar um pacote suspeito deixado no local.

Na última semana, um grupo anarquista italiano enviou três pacotes-bomba para embaixadas da Grécia, do Chile e da Suíça em Roma. Duas explodiram. Uma pessoa ficou ferida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.