Polícia iraquiana diz ter capturado 270 rebeldes

A polícia iraquiana deteve recentemente 270 extremistas, a maioria proveniente de países árabes vizinhos, disse Falah Hassan al-Naqib, ministro interino de Interior. Alguns eram sírios e iranianos, disse Al-Naqib ao jornal Asharq Al-Awsat, publicado em Londres. ?Posso confirmar que 90% dos que realizam missões suicidas não são iraquianos?, disse. ?Acredito que a falta de cooperação dos iraquianos com os terroristas os transformou em alvos?.Também hoje, grupos rebeldes anunciaram o seqüestro de quatro jordanianos e um somáli que trabalham para empresas estrangeiras. Extremistas também ameaçam começar a matar um dos sete motoristas de uma firma kuwaitiana capturados na semana passada, sendo três indianos, três quenianos e um egípcio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.