Polícia iraquiana encontra 29 corpos com marcas de tortura

As forças de segurança iraquianas encontraram hoje em Trimia, ao norte de Bagdá, 29 corpos com sinais de tortura, segundo fontes do Centro de Coordenação Conjunta de Tikrit.Pelo menos 23 dos mortos eram voluntários da polícia iraquiana, que desejavam fazer parte das forças de segurança do país.A identidade dos outros seis corpos, que foram achados horas mais tarde na mesma área, não pôde ser confirmada, embora não se descarte que também pertençam ao mesmo grupo.Os 23 falecidos tinham sido seqüestrados na segunda-feira passada por um grupo de homens armados junto a 50 companheiros na área de Al-Mashahida, no norte da capital.Aparentemente, os corpos foram achados junto a um canal de água, com as mãos amarradas e com sinais de haver sido torturados e executados com armas de fogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.