Polícia iraquiana encontra 61 corpos em 24 horas em Bagdá

Mais 31 corpos com sinais de tortura foram achados em Bagdá, elevando a 61 o total de cadáveres na capital iraquiana nas últimas 24 horas, informaram nesta quarta-feira, 21, fontes policiais iraquianas.As fontes explicaram que os corpos, encontrados em diferentes pontos da capital iraquiana, tinham as mãos amarradas e os olhos vendados. Além disso, havia marcas de bala em diferentes partes do corpo. O mais provável é que as vítimas tenham sido assassinadas na onda de violência religiosa que afeta o país.Na terça-feira, 20, 30 corpos, também com sinais de tortura, foram achados em Bagdá.As autoridades iraquianas afirmam, porém, que o número de corpos achados em Bagdá vem diminuindo com a aplicação do plano de segurança que entrou em vigor dia 14 de fevereiro, em Bagdá e arredores, a fim de acabar com a violência.Nesta quarta-feira, também o Exército dos Estados Unidos informou que dois soldados americanos morreram e outro foi ferido na terça-feira pela explosão de uma bomba no sul de Bagdá.Mais de 3.220 soldados americanos morreram no Iraque desde o começo da invasão do país em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.