Polícia iraquiana mata 15 supostos insurgentes

A polícia iraquiana, apoiada por tropas da coalizão, matou, neste domingo, 15 supostos insurgentes nas proximidades de Balad, 60 quilômetros ao norte de Bagdá, enquanto outros 33 foram detidos nas últimas 24 horas pelas forças de segurança do país.Segundo um comunicado do Exército americano, aviões de combate das tropas da coalizão bombardearam dois grupos de homens armados que pretendiam atacar unidades do Exército multinacional e Forças de Segurança iraquianas.Os combates entre agentes iraquianos e americanos contra os insurgentes terminaram com 15 rebeldes mortos, acrescenta o documento.As tropas da coalizão prenderam três homens armados e apreenderam diferentes tipos de armamento.Segundo outro comunicado divulgado pelas Forças Armadas iraquianas, a Polícia e o Exército prenderam nas últimas 24 horas 33 supostos insurgentes em diferentes regiões do país.As Forças de Segurança iraquianas, apoiadas pelas tropas americanas, lançaram uma campanha para capturar um cidadão saudita que fugiu da prisão de Badush, no noroeste de Mossul, 400 quilômetros ao norte de Bagdá.Segundo fontes policiais iraquianas, o cidadão saudita, identificado como Abdallah al-Saudi, cumpria pena de 20 anos de prisão, por envolvimento com a insurgência iraquiana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.