Polícia italiana recupera joias roubadas de Eva Perón

Joias que aparentemente pertenceram à falecida primeira-dama argentina Eva Perón e que foram roubadas de uma loja na Espanha há dois anos foram recuperadas, informou hoje a polícia de Milão. Os policiais italianos, em colaboração com a polícia espanhola, afirmaram que encontraram uma tiara de diamantes, brincos de diamantes e diversos anéis.

AE, Agência Estado

22 de junho de 2011 | 15h43

As joias foram avaliadas em 6 milhões de euros (US$ 8,4 milhões) e estavam no quarto de um hotel nas proximidades de Milão. Segundo a polícia, as joias haviam sido roubadas de uma loja na cidade espanhola de Valência, em dezembro de 2009. No ano passado, foi preso um homem em Milão relacionado com o roubo. Eva, conhecida como Evita, morreu de câncer em 1952. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Eva PerónjoiasrouboItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.