Polícia liberta políticos da extrema direita

A polícia da Grécia libertou ontem três parlamentares do partido de extrema direita Aurora Dourada. Eles foram soltos sob fiança após prestarem depoimento sobre a morte do rapper antifascista Pavlos Fissas, em setembro, e serão julgados por formação de quadrilha, homicídio, agressão e porte ilegal de arma. "Vocês só podem nos parar com balas", disse o deputado Nikos Michos ao sair da prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.