Polícia liberta refém e mata 5 sequestradores nas Filipinas

Filipino de origem alemã de 22 anos não teve a identidade divulgada; ataque aconteceu no norte do país

Efe,

20 de abril de 2009 | 02h48

As forças de segurança das Filipinas libertaram um refém e abateram cinco de seus sequestradores durante uma operação contra um bando no norte do país, anunciou nesta segunda-feira, 20, o diretor da Polícia, Jesús Verzosa.

 

A batida aconteceu no domingo na cidade de Urdaneta na província de Pangasinan, a 170 quilômetros ao norte de Manila, onde os agentes descobriram o lugar onde os criminosos escondiam o refém, um filipino de origem alemã de 22 anos cuja identidade não foi divulgada.

 

O chefe do bando era um ex-militar que perdeu a vida junto a sua mulher e seu filho durante o ataque, segundo Verzosa, que acrescentou que os agentes apreenderam quatro pistolas automáticas e munição dos sequestradores.

Tudo o que sabemos sobre:
Filipinassequestrorefém

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.