Polícia liberta voluntário alemão seqüestrado na Somália

Homem foi seqüestrado enquanto viajava de carro pelo noroeste do país, na região de Somalilândia

Efe,

13 de fevereiro de 2008 | 06h21

O voluntário alemão da ONG Welthungerhilfe (Ajuda Contra a Fome no Mundo), seqüestrado na terça-feira na Somália, foi liberado nesta quarta-feira, 13, pela Polícia local, informaram emissoras de rádio da Alemanha. As rádios alemãs afirmaram que durante a operação de resgate do voluntário, que aconteceu durante a madrugada, vários dos seqüestradores ficaram feridos. O cidadão alemão, cuja identidade não foi revelada, foi seqüestrado enquanto viajava de carro pelo noroeste do país, na região de Somalilândia, quando ia da localidade de Erigavo para o litoral, onde pretendia se reunir com pescadores somalis. O automóvel, no qual também estavam uma colaboradora alemã, um cidadão local e o motorista, foi parado por um grupo de homens armados, que obrigaram o diretor do projeto a deixar o veículo. Durante o assalto, os homens balearam e feriram levemente o motorista e depois fugiram com o refém.

Mais conteúdo sobre:
Somáliaseqüestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.