Polícia mexicana captura mentor de ataque a cassino

A polícia estadual de Nuevo León, no norte do México, afirmou nesta sexta-feira que capturou um suposto integrante do cartel do narcotráfico Los Zetas que seria o mentor de um ataque incendiário a um cassino, em agosto do ano passado, que matou 52 pessoas. O porta-voz da Secretaria de Segurança Pública de Nuevo Léon, Jorge Domene, disse que o suspeito é Baltazar Saucedo Estrada, de apelido mataperros (mata cachorros), de 38 anos. Existia uma recompensa de 15 milhões de pesos pela captura de Saucedo, que foi detido na noite de quinta-feira em Monterrey.

AE, Agência Estado

06 de janeiro de 2012 | 15h58

Domene afirmou que Saucedo e outro suspeito circulavam em um automóvel em alta velocidade, na noite de ontem, quando receberam ordens da polícia de parar o carro. Os suspeitos fugiram e ocorreu uma perseguição na cidade. Saucedo e seu comparsa bateram o carro e foram detidos. Ele só foi identificado horas mais tarde em uma delegacia. As autoridades afirmam que detiveram 17 dos 32 suspeitos do mortífero ataque incendiário ao cassino, em 25 de agosto do ano passado.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.