Polícia mexicana resgata jornalistas sequestrados

A polícia federal do México resgatou hoje dois operadores de câmera que haviam sido sequestrados no norte do México por traficantes de drogas cinco dias atrás. Javier Canales, da Multimedios Television, e Alejandro Hernandez, da Televisa, foram libertados na cidade de Gomez Palacio, informou o Departamento de Segurança Pública, em comunicado.

AE-AP, Agência Estado

31 de julho de 2010 | 15h56

O âncora da Multimedios, Ciro Gomez Leyva, interrompeu a programação regular da emissora, na manhã de hoje, para anunciar a informação.

Os câmeras haviam sido sequestrados na segunda-feira, juntamente com um repórter da Televisa, após deixarem uma prisão, onde estiveram para cobrir um protesto contra a detenção do diretor do local. O repórter, Hector Gordoa, foi libertado na quinta-feira.

Um jornalista de um jornal local foi sequestrado no mesmo dia em outro incidente em Gomez Palácio. Não está claro se ele foi resgatado.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicosequestrojornalistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.