Polícia não encontra bomba em avião irlandês

A Polícia irlandesa informou nesta sexta-feira que oalerta de segurança em um avião da companhia aérea irlandesa AerLingus procedente de Nova York e com destino a Dublin se deveu a umaviso de bomba que resultou ser falso. O aparelho, que aterrissou normalmente em Shannon às 3h45 deBrasília, foi evacuado imediatamente. A Garda (Polícia irlandesa)revistou o interior da aeronave e interrogou os 239 passageiros queestavam a bordo. O diretor de operações da Aer Lingus em Shannon, Dick Butler,disse que um telefonema anônimo foi recebido pela Guarda. Um homemcom forte sotaque de Dublin alertou sobre a existência de um"explosivo líquido" a bordo. A Polícia irlandesa, no entanto, assegurou que não foi encontradonenhum vestígio de explosivos no avião. Em seguida, a aeronaveretomou o vôo até a capital. Um porta-voz da Aer Lingus havia explicado anteriormente quehouve "um alerta em um dos vôos entre Nova York e Shannon, depois dea Guarda receber um telefonema na madrugada passada". A fonte disse que a Guarda recebeu o telefonema por volta dameia-noite em Brasília e que a aeronave aterrissou sem problemas ecomo previsto em Shannon, única escala do vôo cujo destino final eraDublin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.