Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Polícia nigeriana sugere cachorros em casa para combate roubos

As famílias nigerianas deveriam tercachorros e apitos para ajudar a polícia no combate ao crime,aconselhou uma autoridade policial do país. A Nigéria, país de 140 milhões de pessoas, sofre comfrequentes roubos à mão armada em bancos, mercados, lanchonetese residências. O problema piora nas semanas que antecedem o Natal, épocaem que as pessoas viajam pelo país carregando dinheiro epresentes para os parentes. "Eu aconselho as pessoas a terem cachorros, porque eles sãoanimais sensíveis. Quando você está passando, o cachorro sempreirá latir, mesmo que você não seja um criminoso", afirmou BalaKassim, da superintendência da polícia, de acordo com o jornalDaily Trust. Kassim disse ainda que as pessoas deveriam comprar apitospara aumentar o nível de alerta em caso de um ataque. A polícia nigeriana têm dificuldades no controle dosroubos, apesar de utilizar métodos severos. O chefe da polícia anunciou recentemente que seus homenshaviam matado aproximadamente 800 suspeitos de cometerem roubosà mão armada nos primeiros 90 dias em que coordenou asoperações, atraindo críticas de grupos de defesa dos direitoshumanos. Kassim argumentou que os conselhos não devem ser vistoscomo um atestado de ineficácia da polícia e disse que osnigerianos poderiam "dormir com os dois olhos fechados". (Por Estelle Shirbon)

REUTERS

23 de dezembro de 2007 | 14h30

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAPOLICIACACHORRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.