Polícia palestina prende líder espiritual do Hamas

A polícia palestina deteve o xeque Ahmed Yassin, líder espiritual do Hamas, sob regime de prisão domiciliar - a mais audaz medida adotada até agora pelo presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, contra o grupo que assumiu a responsabilidade por dezenas de atentados contra Israel, inclusive os do último fim de semana, quando morreram 26 pessoas.Testemunhas disseram que um agente da polícia entrou na casa de Yassin, um tetraplégico que se locomove com a ajuda de uma cadeira de rodas - para notificá-lo da prisão. De acordo com as autoridades locais, Yassin poderá receber apenas visitas de parentes e a linha telefônica será cortada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.