Polícia pode ter achado corpo da mãe de chinesa abandonada

Cádaver é encontrado dentro de carro estacionado na frente da casa da menina de 3 anos deixada na Austrália

Efe,

19 de setembro de 2007 | 07h43

A Polícia neozelandesa informou nesta quarta-feira, 19, que encontrou o corpo de uma mulher asiática num carro em Auckland que pode ser a mãe da menina de 3 anos abandonada pelo seu pai no sábado em numa estação de trem na Austrália. O veículo estava estacionado em frente à casa da menina na Nova Zelândia, mas a polícia não revelou a identidade do proprietário.Policiais australianos, americanos e neozelandeses procuram Michael Xue Naiyin, de 54 anos, e Annie Anan Liu, de 27, os pais de Qian Xun Xue, que foi abandonada numa estação de Melbourne (Austrália).A mãe de Qian foi vista pela última vez na tarde de 11 de setembro, quando foi a uma creche em Auckland para buscar a sua filha. Seu carro apareceu estacionado no aeroporto da cidade, mas seu nome não consta nas listas de passageiros de nenhum vôo.Na semana passada, Michael Xue e a filha embarcaram no aeroporto rumo a Melbourne. Dois dias mais tarde, o pai abandonou a menina na estação de Southern Cross, como ficou registrado nas câmeras de vídeo. Acredita-se que ele tenha deixado a Austrália no mesmo dia, num vôo para os Estados Unidos.Michael Xue tem um histórico de maus-tratos e abusos. A sua mulher pediu no último ano várias ordens de proteção, concedidas pela polícia neozelandesa. Há alguns meses, ela decidiu abandonar o marido e foi para um centro de apoio a mulheres vítimas de abuso. Annie Liu teria dito ainda que pretendia voltar para a sua família, na China.Segundo as autoridades neozelandesas, Michael Xue é um homem violento, com antecedentes criminais por tratar violentamente a sua mulher.Outra filha de Xue, uma jovem de 20 anos que estava na lista de desaparecidos há cinco anos, entrou em contato com a polícia neozelandesa e está cooperando na investigação.Em Melbourne, sob os cuidados de uma família adotiva, Qian Xun Xue aguarda o desfecho do caso. Ela recebeu da imprensa australiana o apelido de "Pumpkin" (abóbora em inglês), devido à roupa que usava quando foi abandonada.A mãe de Aniie Liu, Liu Xiao Ping, que vive na China, deve ir à Austrália para buscar a neta. Mesmo assim, as ofertas de adoção não param de chegar.   Qian foi encontrada chorando sozinha. A menina está sob a guarda de uma família adotiva no estado australiano de Victoria e permanecerá por pelo menos três semanas, enquanto as buscas continuam.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.