Polícia prende 15 por atentados no sudeste do Irã

Os órgãos de segurança do Irã prenderam 15 pessoas acusadas de estarem por trás dos recentes atentados com bombas no sudeste do Irã, informou, neste domingo, a agência de notícias Baztab. A fonte cita o assessor do governador do Khuzistão para assuntos de Segurança, Farroji Neyad, que se referiu às explosões e episódios violentos dos últimos dois meses nesta província do sudeste do Irã. "Com a detenção de 15 pessoas ao longo da semana passada, todos os autores das explosões em Ahvaz, Abadan e Dizful (no Khuzistão) foram detidos", assegurou Neyad. O assessor destacou que o último dos detidos foi o autor da explosão num banco em Ahvaz, onde se concentra a minoria árabe do Irã. Amir Hayat Moghadam, governador do Khuzistão, afirmara que, recentemente, as forças de segurança apreenderam uma grande quantidade de armas e explosivos no sudeste do país.

Agencia Estado,

05 Março 2006 | 08h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.