Polícia prende 2 em manifestação de gays na Rússia

A polícia da Rússia prendeu neste sábado dois manifestantes que participavam de uma demonstração do orgulho gay, para a qual o governo não tinha dado autorização. A marcha aconteceu em frente à sede do governo municipal de Moscou. A administração russa geralmente nega autorização para passeatas promovidas por homossexuais, alegando que eles podem ser alvo da violência de opositores.

AE, Agência Estado

31 Maio 2014 | 14h14

O preconceito contra os homossexuais é muito forte na Rússia. Embora a homossexualidade tenha sido descriminalizada quase duas décadas atrás, recentemente o governo do presidente Vladimir Putin aprovou uma lei proibindo a apologia sobre o assunto, alegando que propagandas nesse sentido poderiam influenciar as crianças. O tema gerou polêmica durante a realização das Olimpíadas de Inverno, em Sochi. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Rússia gays prisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.