Polícia prende 3 líderes da oposição antes de ato

A polícia russa prendeu ao menos três líderes da oposição neste sábado, quando tentavam participar de uma manifestação proibida contra o presidente Vladimir Putin, disseram testemunhas. O líder esquerdista Sergei Udaltsov foi levado pela polícia para uma viatura perto da Praça Lubyanka, no centro de Moscou, onde centenas de pessoas se reuniram para a manifestação. Os ativistas Ilya Yashin e Ksenia Sobchak, ambos membros proeminentes da oposição, foram detidos quando seguiam para a manifestação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.