Polícia prende 41 membros da Camorra

A polícia italiana deteve na madrugada de ontem 41 pessoas acusadas de fazer parte da Camorra, a máfia napolitana. Entre os presos estão membros do clã Sarno, um dos mais poderosos de Nápoles, responsável por traficar droga da Espanha para a Itália. A chefe da família Sarno, Luisa Terracciano, de 48 anos, foi detida na operação policial juntamente com seus três filhos. A blitz foi respaldada por mandados de prisão contra 61 pessoas, das quais 20 já estavam presas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.