Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Polícia prende ao menos 100 em manifestações na Dinamarca

A polícia dinamarquesa prendeu pelo menos 100 pessoas em conflitos violentos nas ruas de Copenhague nesta quinta-feira, 1, depois que autoridades expulsaram manifestantes de um centro da juventude, informou um porta-voz da polícia. Autoridades tomaram o controle do prédio no centro da área de Norrebro, em uma batida na manhã em que oficiais pousaram no telhado trazidos por helicópteros. No começo do despejo, grupos de manifestantes atiraram pedras na polícia e fizeram barricadas com fogo. Policiais com roupas especiais perseguiram os manifestantes pelas ruas, enquanto vans destruíam as barricadas. "Nós estimamos o número de pessoas na marcha em 1.300 (...) Até onde sabemos, ninguém foi seriamente machucado", disse o porta-voz da polícia de Copenhague, Flemming Steen Munch. O conflito pelo centro da juventude se aqueceu em 2000, quando o governo vendeu o prédio para um grupo religioso. Ativistas de esquerda usam o prédio como base desde 1982. Os atuais donos têm uma ordem judicial para despejar os intrusos, mas os jovens juraram proteger o local e tem clamado repetidamente por uma solução política. Policiais e manifestantes entraram em conflito várias vezes no ano passado durante protestos contra a ordem de despejo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.