Polícia prende ativistas em Nova York e protestos se espalham pelos EUA

Manifestantes foram impedidos de protestar na Bolsa de Valores em Wall Street.

BBC Brasil, BBC

17 de novembro de 2011 | 20h36

A polícia de Nova York prendeu dezenas de pessoas envolvidas nos protestos do movimento "Ocupem Wall Street", depois que um grupo tentou fazer uma manifestação em frente da Bolsa de Valores.

Os policiais bloqueou os acessos a Wall Street, permitindo somente a passagem dos funcionário da Bolsa.

Organizadores dos protestos convocaram manifestações em 16 estações de metrô da cidade para uma passeata pela ponte do Brooklyn ainda nesta quinta-feira.

É o segundo mês da ocupação que, segundo os manifestantes, luta contra a crise econômica e a ganância dos bancos e de empresários de Wall Street.

Ativistas foram às ruas em apoio ao movimento em Los Angeles, Las Vegas, Dallas, Rochester e Albany, no norte do Estado de Nova York.

Eles dizem que este é um momento crucial para os movimento, que enfrentou a oposição do governo de Nova York esta semana.

Na última quinta-feira, o prefeito da cidade, Michael Bloomberg, ordenou o fechamento de um acampamento de manifestantes no Parque Zucotti. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.