Polícia prende manifestantes que ocupavam praça em Minsk

Unidades antidistúrbios da polícia da República de Belarus detiveram nesta sexta-feira manifestantes oposicionistas que acampavam desde a noite do último domingo na Praça de Outubro, no centro da capital, Minsk, informou a agência "Interfax". Os manifestantes exigiam a anulação do pleito presidencial realizados no domingo passado, que registrou a vitória do atual presidente Alexander Lukashenko. Os manifestantes foram retirados da praça um por um por pelos policiais, em uma operação que contou no início com o apoio de caminhões. A operação durou cerca de dez minutos e os ativistas - aproximadamente 200 pessoas - foram conduzidos a uma delegacia da capital, indicou o coronel da polícia Yuri Podobed. Durante a ação, que não registrou incidentes violentos, foram detidos também cidadãos da Ucrânia e da Lituânia, indicou a polícia. Uma vez esvaziada a praça, trabalhadores municipais carregaram em caminhões as tendas de campanha, mesas, alto-falantes, caixas com alimentos e outros utensílios utilizados pelos manifestantes. As manifestações na Praça de Outubro começaram após a divulgação dos primeiros resultados da pesquisa de boca-de-urna, que projetavam uma vitória esmagadora de Lukashenko.

Agencia Estado,

24 Março 2006 | 06h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.