Polícia prende segundo suspeito de matar prostitutas

Os policiais que investigam a morte de cinco prostitutas na cidade de Ipswich, no sudeste da Inglaterra, anunciaram nesta terça-feira a prisão de um segundo suspeito. Na segunda-feira, um homem de 37 anos identificado pela imprensa como Tom Stephens já havia sido detido.O superintendente da polícia de Suffolk, Stewart Gull, anunciou que o novo suspeito é um homem de 48 anos, que foi detido em sua casa por volta das 5h (3h de Brasília), em Ipswich. Ele permanece em uma delegacia da região e deve ser interrogado ainda nesta terça-feira.A polícia britânica investiga os assassinatos de Gemma Adams, de 25 anos; Tania Nicol, de 19; Anneli Alderton, de 24; Annette Nicholls, de 29, e Paula Clennell, de 24. Os corpos das cinco prostitutas foram encontrados ao longo de dez dias, no início deste mês, em diferentes pontos ao redor de Ipswich.Nesta terça-feira, a polícia informou também que deve interrogar o primeiro suspeito detido por mais 12 horas. Ao fim do interrogatório, caso os investigadores decidam ampliar o prazo de detenção, eles devem solicitar a permissão de um juiz. Por razões legais, a identidade do suposto criminoso ainda não foi confirmada oficialmente. A polícia de Suffolk informou que os investigadores do caso continuam trabalhando na casa de Stephens.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.