Sky via AP
Sky via AP

Polícia prende segundo suspeito por ataque em metrô de Londres

Rapaz de 21 anos foi encontrado no subúrbio da cidade; no dia anterior, homem de 18 anos já tinha sido detido

Reuters

17 Setembro 2017 | 04h58

LONDRES - A polícia prendeu neste domingo, 17, o segundo suspeito de participar do ataque terrorista que deixou pelo menos 30 feridos no metrô de Londres na sexta-feira. A ação foi reivindicada pelo Estado Islâmico.    

O homem de 21 anos foi encontrado pela polícia no subúrbio de Hounslow, na zona oeste de Londres. No sábado, a polícia já tinha prendido outro suspeito: um rapaz de 18 anos.

O ataque foi feito com uso de uma bomba-caseira que explodiu na estação de Parsons Green, no centro da cidade. 

O Reino Unido sofreu quatro atentados desde o dia 22 de março e vive em estado de alerta. Na escala de ameaça terrorista das autoridades, o nível é o segundo mais elevado - "severo", que significa que um atentado é "altamente provável".

De acordo com as últimas atualizações, neste sábado, dos 30 feridos no ataque, apenas três ainda estão no hospital.

A primeira-ministra britânica Theresa May anunciou, em pronunciamento, a implantação de militares em lugares-chaves não acessíveis ao público e um aumento do contingente policial em transportes públicos. No total, mil agentes foram distribuídos em locais estratégicos, como centrais nucleares e outras estruturas importantes, de acordo com o Ministério da Defesa. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.