Polícia prende suspeito de ameaçar Sarkozy

A polícia francesa prendeu ontem um ex-membro das Forças Armadas suspeito de ter enviado cartas com ameaças de morte para o presidente Nicolas Sarkozy e outros políticos do país. Além do texto idêntico de duas páginas, todos os políticos receberam envelopes com balas de pistola. O homem de 42 anos não teve seu nome revelado e foi preso em seu apartamento na cidade de Montpellier, sul do país. Após receber uma denúncia de um conhecido do suspeito, a polícia fez a prisão e inspecionou o apartamento para procurar provas. O motivo das ameaças ainda não foi descoberto e mais detalhes sobre o caso ainda não foram revelados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.