AFP PHOTO / SCHAFFHAUSEN POLICE
AFP PHOTO / SCHAFFHAUSEN POLICE

Polícia prende suspeito de ataque com serra na Suíça

A corporação mobilizou dezenas de agentes, cachorros e um helicóptero para encontrar o agressor, que na segunda-feira entrou em uma agência de seguros e, por razões desconhecidas, causou pânico com sua serra

O Estado de S.Paulo

25 Julho 2017 | 17h11

SCHAFFHAUSEN, SUÍÇA - O homem que atacou várias pessoas com uma serra (não está claro se foi usada uma serra elétrica ou uma motosserra) na localidade suíça de Schaffhouse (norte) foi detido pela polícia nesta terça-feira, 25, anunciou a agência de notícias suíça ATS.

A polícia procurou o agressor durante mais de 24 horas para prender o fugitivo, Franz Wrousis, de 51 anos, que foi encontrado durante a noite em Thalwil, ao sul de Zurique, informou a agência. O homem já foi condenado duas vezes, em 2014 e 2016, por infração à legislação sobre armas.

A corporação mobilizou dezenas de agentes, cachorros e um helicóptero para encontrar o agressor, que na segunda-feira entrou em uma agência de seguros e, por razões desconhecidas, causou pânico com sua serra. Um porta-voz da polícia, citado pela agência ATS, confirmou que o agressor era cliente da companhia de seguros.

As autoridades emitiram um mandado de prisão internacional para o suspeito, e a polícia realizou uma busca intensa. 

Um homem que se identificou somente como Samuel e que mora na área próxima de onde o carro do suspeito foi encontrado, na noite de segunda-feira, disse que viu muitas vezes o suspeito, que descreveu como "muito desconectado" e avesso à comunicação.    

"A última vez que o vi foi na manhã de domingo, quando levei nosso cachorro para passear. Ele estava parado porque me viu chegando, ou outra pessoa chegando, e não se mexeu até todo mundo ter se afastado", disse Samuel. / AFP e REUTERS 

Mais conteúdo sobre:
Suíça

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.