Polícia resgata 10 estrangeiros durante ataque em Cabul

Dez funcionários de ajuda humanitária estrangeiros ficaram presos num cômodo fortificado por duas horas na cidade afegã de Cabul, durante um ataque de fundamentalistas islâmicos do Taleban, antes de serem resgatados pela polícia local, segundo relato feito neste domingo pela Organização Internacional de Migração (IOM, na sigla em inglês).

AE, Agência Estado

26 Maio 2013 | 17h41

Um policial afegão e dois civis foram mortos na operação. Segundo o major-general Joseph Osterman, diretor de operações da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), o número relativamente baixo de vítimas é um sinal de como as forças afegãs mostraram um "progresso notável" à medida que assumem a responsabilidade de proteger o país antes da retirada dos soldados estrangeiros, prevista para o ano que vem.

Richard Danziger, chefe da missão da IOM, agradeceu à polícia afegã pelo resgate, que ocorreu na sexta-feira, durante um ataque do Taleban com um carro bomba e militantes vestidos com coletes explosivos. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
AfeganistãoTalebanviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.