Polícia resgata jovens perdidos nas catacumbas de Paris

O mistério de como três pessoas foram resgatadas após dois dias perdidas nas catacumbas de Paris foi resolvido - elas deixaram bilhetes para os socorristas enquanto buscavam uma rota de saída do local. Sylvie Gautron, chefe da unidade policial que monitora os labirintos subterrâneos da capital francesa, disse à rádio RTL nesta sexta-feira que os três jovens deixaram bilhetes em locais diferentes das catacumbas.

AE, Agência Estado

29 de julho de 2011 | 16h24

A polícia de Paris afirma que os três se perderam nos subterrâneos na noite de segunda-feira, enquanto exploravam o local com uma turma de amigos. Quando eles não conseguiram sair das catacumbas os colegas avisaram a polícia, que os encontrou em segurança na tarde de quarta-feira.

A rede de túneis de Paris, com mais de 300 quilômetros de extensão, é muito profunda para que os telefones celulares funcionem no local. Construídas no final do século XVIII, as catacumbas parisienses funcionaram como cemitérios e guardam os ossos de milhões de pessoas. Em grande parte, as catacumbas estão fechadas ao público.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaParisCatacumbasJovens

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.