Polícia russa prende ativistas e impede protestos

A polícia russa deteve ativistas da oposição para impedi-los de protestar na região central de Moscou contra a repressão das liberdades democráticas pelo Kremlin. Um repórter da Associated Press viu de 10 a 15 manifestantes serem colocados em ônibus policiais.

AE, Agência Estado

31 de dezembro de 2011 | 14h06

Os organizadores não receberam permissão para fazer o protesto, o último de uma série realizada no fim de cada mês com 31 dias. O número corresponde ao Artigo 31 da Constituição Russa, que garante tal liberdade.

Pequenos protestos foram realizados neste sábado em outras cidades russas, mas são separados das manifestações que atraíram milhares de pessoas em busca de eleições livres e do fim do regime do premiê Vladimir Putin. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.