Polícia saudita prende garota que aparece de minissaia em vídeo 

Polícia saudita prende garota que aparece de minissaia em vídeo 

Segundo a polícia de Riad, a mulher está sendo questionada e afirmou que o vídeo foi 'publicado por uma conta atribuída a ela sem seu conhecimento'

O Estado de S.Paulo

18 Julho 2017 | 15h24

RIAD -  A Polícia da Arábia Saudita prendeu uma mulher que postou nas redes sociais um vídeo no qual aparece usando uma minissaia e um top enquanto caminha por um vilarejo saudita, de acordo com um comunicado oficial divulgado pela TV CNN.

A mulher, que está sendo questionada pela polícia Riad, afirmou que o vídeo foi publicado por uma conta abribuída a ela sem seu conhecimento", de acordo com o comunicado. Segundo a polícia, o caso será enviado ao departamento de processo-geral na capital, Riad. 

 

No domingo, o porta-voz da presidência da Comissão para a Promoção da Virtude e a Prevenção ao Vício - também conhecida como polícia religiosa - disse que o grupo estava monitorando a questão e tomando os "passos necessários" para lidar com o vídeo viral com a "garota em roupas ofensivas". 

A Arábia Saudita segue uma interpretação rígida da lei islâmica. As mulheres no país são obrigadas a usarem roupas soltas, conhecidas como abaya, e as sauditas necessariamente têm de cobrir o cabelo. 

O vídeo mostra a mulher andando pelas ruas vazias da cidade histórica de Ushaiager, segundo a polícia. Autoridades na cidade pediram ao governo da província para que tome medidas contra a mulher. 

No Twitter, houve uma disputa de hashtags, parte pedindo a prisão da mulher, parte  a liberdade para se usar o que quiser e isso não ser um crime.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Arábia Saudita Riad Minissaia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.