Polícia tailandesa identifica pedófilo procurado pela Interpol

Ele é um canadense de 32 anos e chegou à Tailândia no dia 11 de outubro

Efe,

16 de outubro de 2007 | 03h30

A polícia tailandesa afirmou que um canadense de 32 anos é o suposto pedófilo reincidente procurado pela Interpol. A fotografia dele foi divulgada na internet para conseguir sua detenção.  Veja também: Polícia tailandesa busca pedófilo procurado pela InterpolABC realiza 'castração química' de pedófilos Advogado diz que terapia é 'nazista' Homem é detido por abusar de menina de 3 anos nos EUA Exploração sexual já atingiu um milhão de crianças na AL  Segundo as autoridades da Tailândia, trata-se de Christopher Paul Neil, que por enquanto não foi detido. A polícia disse para a imprensa local que trabalha com a Interpol para reunir as provas necessárias para emitir uma ordem de detenção. Horas antes, as autoridades divulgaram uma fotografia do suposto pedófilo no departamento de alfândegas do aeroporto de Subarnabumi, em Bangcoc, aonde ele chegou no dia 11 de outubro num vôo que saiu da Coréia do Sul. A Interpol havia informado anteriormente que o suspeito era um cidadão britânico que ensinava inglês na Coréia do Sul. Em 7 de outubro, a Interpol anunciou ter colocado em seu site a imagem de um suspeito de abusos sexuais contra menores em vários países, e pediu a ajuda dos cidadãos para identificá-lo. Nos dias posteriores responderam a essa chamada cerca de 350 pessoas, que forneceram dados que permitiram estreitar o cerco contra o homem. O próprio pedófilo ou cúmplices colocaram na internet imagens de conteúdo sexual com menores, embora elas tenham sido alteradas digitalmente para dissimular o rosto do adulto.

Tudo o que sabemos sobre:
InterpolpedófiloTailândia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.