Polícia tenta retirar armas do apartamento do atirador do Colorado

Procedimento pode incluir uma detonação controlada; objetivo é manter segurança e preservar evidências

AP

21 de julho de 2012 | 13h15

AURORA, Colorado - Policiais e bomboeiros estão tentando entrar no apartamento do homem suspeito de ser o atirador do Colorado, que matou doze pessoas e feriu outras 59 em uma sala de cinema em Aurora, no Estado do Colorado, Estados Unidos. O procedimento pode incluir uma detonação controlada.

Segundo autoridades locais, armadilhas e munições estão espalhados pelo apartamento de James Holmes, 24 anos.

Órgãos locais solicitaram a ajuda de especialistas em bombas para criar um plano para entrar no apartamento sem comprometer a segurança das pessoas no entorno, além de preservar possíveis evidências. 

O policial Cassidee Carlson, da polícia de Aurora, disse que o primeiro objetivo era deixar a área segura, para então remover do apartamento ítens que pudessem explodir. Entre eles estão cerca de 30 armamentos que serão colocados em caminhões de areia e então levadas para um local de eliminação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.