Polícia troca tiros com islamistas e mata 16

Fontes do governo e da polícia do Mali informaram ontem que 16 pessoas, apresentadas como radicais islâmicos, morreram na noite de sábado em uma cidade da região de Segu, no centro do país. O tiroteio foi confirmado por diversas fontes militares malinesas. Autoridades locais, no entanto, não confirmaram se a troca de tiros representaria ou não um avanço dos grupos separatistas jihadistas que controlam há cerca de cinco meses o norte do Mali e defendem a adoção da sharia (lei islâmica) no país.

O Estado de S.Paulo

10 de setembro de 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.