Polícia ucraniana investiga assassinato de juiz

A polícia ucraniana está investigando o sinistro assassinato de um juiz, Volodymyr Trofimov, de 58 anos, da esposa e do filho do magistrado, além da namorada do filho, cujos corpos decapitados foram descobertos no apartamento da família, na cidade de Kharkov, no leste da Ucrânia, no domingo. As cabeças dos corpos estão desaparecidas, disse nesta segunda-feira o ministro do Interior, Vitaly Zakharchenko.

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2012 | 16h34

A polícia ucraniana acredita que os assassinatos podem estar ligados ao trabalho do juiz, ou então que os matadores buscavam roubar a coleção de moedas raras e antiguidades do magistrado. Parte dos bens desapareceram do apartamento, disse a polícia sem dar maiores detalhes.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.