Policiais abrem fogo contra manifestantes em Basra

Policiais iraquianos abriram fogo hoje em Basra contra centenas de ex-soldados das Forças Armadas do país, que exigiam o pagamento de soldos mensais, conforme prometido pelas forças de ocupação do país. Repórteres viram pelo menos quatro manifestantes atingidos por tiros. Os manifestantes marcharam até o prédio do Banco Central naquela cidade do Sul do Iraque e tentaram forçar a entrada. Eles jogaram pedras contra o prédio e contra os policiais que tentavam dispersá-los. Soldados britânicos que ocupam a região chegaram para interferir e pôr fim à manifestação. Com alto-falantes, dirigiram-se à multidão, em árabe, dizendo que o que foi prometido aos ex-soldados será dado no futuro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.