Policiais atingiram todas as vítimas de tiroteio em NY

Departamento Policial confirma que as nove pessoas feridas em frente ao Empire State foram por balas de policiais

AE, Agência Estado

25 de agosto de 2012 | 14h25

Nova York, 25 - O Departamento de Polícia da cidade de Nova York (NYPD) confirmou que todas as nove pessoas feridas durante o tiroteio da sexta-feira, 24, na frente do Empire State Building foram atingidas por dois policiais que nunca haviam disparado suas armas em serviço. "Parece que todas as nove vítimas foram atingidas ou por fragmentos ou por balas disparadas pela polícia", disse o comissário de polícia Raymond Kelly, citando os resultados dos testes de balística.

Na manhã desta sexta, o desenhista de camisetas desempregado Jeffrey Johnson emboscou e matou com cinco tiros seu ex-colega de trabalho Steve Ercolino, executivo de uma empresa de confecção, diante do Empire State Building, um dos prédios mais famosos de Nova York. Dois policiais que faziam patrulha na área intervieram e mataram Johnson a tiros.

Segundo o comissário Kelly, o policial Craig Matthews disparou sua arma sete vezes e o policial Robert Sinishtaj atirou nove vezes contra Johnson e alguns desses tiros atingiram nove pessoas que passavam pelo local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.