Policiais dispersam manifestantes na Praça de Maio

A polícia montada avançou contra os manifestantes, que insistem em protestar na Praça de Maio, em frente à sede do governo argentino, mesmo depois de um ultimato. Enquanto a polícia montada abria caminho, dispersando a multidão, um cordão de policiais com cachorros e cassetetes terminavam de dispersar os populares. Um casal, pacificamente, enrolou-se na bandeira argentina e deitou sobre o coração da praça, tentando resistir. Mas os dois foram presos. Apesar da força policial, manifestantes tentam prosseguir com os protestos, inclusive em outros locais de Buenos Aires. Alguns populares atiraram pedras contra os policiais.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.