Policiais do Paquistão morrem em ataque a caminhões-pipa da Otan

Primeiro-ministro paquistanês diz que ataque foi 'ato de sabotagem'

Efe,

25 de abril de 2010 | 06h48

ISLAMABAD - Quatro policiais paquistaneses morreram no sábado à noite, 24, durante um ataque contra doze caminhões-pipa da Otan na província oriental do Punjab, que provocou um grande incêndio que demorou várias horas em ser extinto, informaram os meios de imprensa paquistaneses.

Em comunicado emitido depois da meia-noite, o primeiro-ministro, Yousuf Raza Gillani, confirmou morte dos quatro agentes e ordenou a investigação do "ato de sabotagem" ocorrido nas proximidades da localidade de Talagang.

Gilani reiterou o compromisso do Governo paquistanês de lutar e erradicar o terrorismo no Paquistão.

Os agressores atearam fogo a 12 veículos-tanque que fornecem às forças da Otanno vizinho Afeganistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.