Policiais feriram 9 das vítimas no Empire State

A polícia de Nova York admitiu ter ferido todas as nove vítimas não fatais no tiroteio que aconteceu na sexta-feira nas proximidades do Edifício Empire State. Os tiros foram disparados durante a perseguição a Jeffrey Johnson, o homem que matou um ex-colega de trabalho na calçada diante do prédio. Johnson acabou morto pelos policiais. Ontem, o comissário de polícia da cidade, Raymond W. Kelly, assumiu a responsabilidade e disse que três dos feridos foram baleados e outros seis atingidos por "fragmentos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.