Policiais israelenses são feridos em ataque com armas automáticas

Confronto aconteceu em Bet Hagay, nos arredores da cidade palestina de Hebron

14 de junho de 2010 | 05h17

JERUSALÉM - Três policiais israelenses ficaram feridos nesta segunda-feira, 14, em um ataque com armas automáticas nos arredores da cidade palestina de Hebron, na Cisjordânia, informam fontes médicas e policiais.

Os fatos ocorreram perto do assentamento judaico de Bet Hagay, em um estrada interurbana que leva de Beer Sheva, no sul, para Jerusalém.

Conforme as primeiras indagações, "indivíduos abriram fogo contra um carro patrulha da Polícia israelense que passava pela região e feriram os três ocupantes, mas a investigação ainda continua", diz um porta-voz policial.

Dois dos agentes sofreram ferimentos graves no peito como consequência dos impactos, e o terceiro leves, segundo o boletim médico dos hospitais para os quais foram levados.

Vários soldados do Exército israelense se desdobraram pela região na busca dos agressores, supostamente milicianos palestinos.

O fato desta segunda-feira segue à morte de um palestino na sexta-feira na parte leste de Jerusalém por tiros de dois policiais israelenses aos quais tentou atropelar, segundo a versão israelense dos fatos.

A versão palestina assevera que os agentes dispararam porque o homem não parou em um revista policial.

Tudo o que sabemos sobre:
Israel, Hebron, policiais, ataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.