Policial é vítima de número 3.000 da nova intifada

Um policial palestino morreu em conseqüência dos ferimentos sofridos no último dia 22, durante uma ofensiva militar israelense na Faixa de Gaza. Fontes palestinas informaram tratar-se da vítima de número 3.000 desde o início da nova intifada, em setembro de 2000. Mohammed al Alloul, de 27 anos, ficou ferido nos violentos combates ocorridos durante a incursão de blindados israelenses em Beit Hanoun, ao norte da Faixa de Gaza. Das 3.000 pessoas que perderam a vida durante a atual intifada, 2.249 são palestinas e 695, israelenses. Também morreram 43 estrangeiros e 13 árabes israelenses, segundo cálculos da imprensa local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.