Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Jason Connolly/ AFP
Jason Connolly/ AFP

Policial morto em ataque a tiros tinha sete filhos e queria mudar de emprego

Eric Talley, de 51 anos, foi o primeiro policial a chegar no supermercado onde ocorreu o ataque no Colorado; atuação do policial foi considerada 'heroica' pelo chefe de polícia

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de março de 2021 | 07h30

Eric Talley, de 51 anos, estava a procura de um novo emprego. Pai de sete filhos, o americano queria preservar a família do perigo inerente a sua função. Primeiro a chegar ao supermercado alvo de um ataque a tiros no Colorado, o policial acabou sendo uma das dez vítimas que perderam a vida no local.

Na noite de segunda-feira, 22, um homem abriu fogo contra clientes de um supermercado na cidade de Boulder. Pelo menos dez pessoas - entre eles, Talley - morreram e várias ficaram feridas. Um suspeito foi preso, mas a polícia ainda tenta definir a motivação do crime.

A atuação de Talley durante o ataque foi definida como "heroica" pelo chefe da polícia local, Maris Herold. 

"Ele tinha sete filhos. O mais novo tem sete anos de idade. Ele amava as crianças e a família mais que tudo", contou à imprensa o pai de Eric, Homer Talley.

De acordo Homer, seu filho havia entrado na corporação há cerca de uma década, mas vinha procurando uma nova posição. "Ele estava procurando um emprego para se manter fora da linha-de-frente e estava aprendendo a operar drones. Ele não queria deixar a família em uma situação como esta", disse.

Em meio ao luto, um homem chamado Jeremy Herko, que disse que conheceu Talley na academia, o descreveu como um de seus melhores amigos. "Ele era um cristão devoto, teve que comprar uma van de 15 passageiros para transportar todos os seus filhos e era o cara mais legal do mundo", escreveu Herko em um post no Facebook.

O Departamento de Polícia de Boulder tuitou uma foto de Talley de uniforme. "Descanse em paz, oficial Eric Talley. Seu serviço nunca será esquecido", disse o departamento.

Talley foi destaque em um artigo de 2013 como um dos três policiais que ajudaram a salvar patos presos em uma vala de drenagem.cEle entrou em águas profundas para resgatar os patos dos canos, de acordo com o artigo do jornal Boulder Daily Camera.

A mesma publicação aponta que Talley é a sexta pessoa morta em serviço na história do Departamento de Polícia de Boulder e o primeiro oficial morto em serviço desde 1994.

"Ele era, segundo todos os relatos, um dos oficiais mais destacados do Departamento de Polícia de Boulder e sua vida foi interrompida muito rapidamente", disse Michael Dougherty, o promotor distrital do condado.

O derramamento de sangue em Boulder marcou o segundo tiroteio em massa mortal nos EUA em uma semana, após a violência armada na semana passada que deixou oito pessoas mortas na área de Atlanta. Um homem de 21 anos foi acusado dessas mortes./ REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.