Policial palestino é morto em Hebron

Poucas horas depois do atentado palestino em Tel Aviv, no qual três pessoas morreram, soldados israelenses mataram nesta terça-feira um policial palestino e feriram outros dois durante uma ofensiva em Dura, próximo de Hebron, na Cisjordânia, informou o serviço de segurança palestino. A vítima, Mohammed Al Atta Auna, de 32 anos, e os outros dois são membros da Força 17, guarda particular do líder palestino Yasser Arafat.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.