AFP PHOTO / Brendan Smialowski
AFP PHOTO / Brendan Smialowski

'Política não resolveu questão com Coreia do Norte', diz Trump

Presidente americano usou sua conta no Twitter para voltar a criticar negociações com o regime de Kim Jong-un; desde a semana passada, republicano divulga mensagens que reforçam a possibilidade de ação militar dos EUA

O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2017 | 10h56

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou sua conta no Twitter nesta segunda-feira, 9, para dizer mais uma vez que a diplomacia não é uma solução viável para a crise com a Coreia do Norte, destacando que Washington "deu bilhões de dólares" ao país asiático e não recebeu nada em troca.

Pelo Twitter, Trump volta a ameaçar a Coreia do Norte

"Nosso país tem negociado com a Coreia do Norte sem sucesso por 25 anos, dando bilhões de dólares sem receber nada em troca. A política não funcionou!", escreveu Trump nesta manhã, sugerindo mais uma vez a necessidade de uma solução bélica para conter o regime de Kim Jong-un.

No sábado, o republicano também usou sua conta na rede social para publicar mensagem neste sentido, ao dizer que "apenas uma coisa funcionará" com a Coreia do Norte, sem ser mais específico. Dois dias antes, ele deu outra declaração misteriosa sobre suas estratégias de política externa.

Entrevista: ‘Espectro da guerra atômica paira sobre nós de novo’

"Os presidentes e seus governos conversam com a Coreia do Norte há 25 anos. Os acordos realizados e as maciças quantias de dinheiro gastas não tiveram efeito", tuitou Trump, evocando administrações anteriores. "Eu lamento, mas apenas uma coisa funcionará", concluiu o magnata.

Durante uma recepção na Casa Branca, na quinta-feira, Trump já havia pronunciado uma frase evasiva e enigmática: "Estamos, talvez, com a calma que precede a tempestade". 

Trump acabara de participar de uma reunião com as principais autoridades militares americanas para tratar dos temas mais sensíveis do momento, como Coreia do Norte e Irã. Interrogado na sexta-feira sobre essa declaração, limitou-se a responder: "Vocês vão ver".

"Como eu disse em várias oportunidades, o presidente nunca anunciará previamente" sua estratégia, desconversou a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, ao ser questionada sobre as declarações de Trump.

No domingo, o senador republicano Bob Corker afirmou, segundo o jornal The New York Times, que Trump pode levar os EUA "a uma terceira Guerra Mundial" com suas ameaças contra alguns países.

"Estou preocupado" e "isso deveria preocupar todos aqueles que amam nosso país", acrescentou o ex-partidário de Trump em uma entrevista publicada pelo jornal, que não divulgou a frase completa de Corker. / COM AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.