Políticas fazem ensaio sensual para revista masculina

Três políticas da esquerda mexicana provocaram uma grande polêmica ao posarem para um ensaio sensual para uma revista masculina do país, levando muitos conservadores a dizer nesta quinta-feira que elas deveriam se concentrar em legislar.Brenda Arenas, a mais ousada, posou em trajes semi-transparentes - calcinha, sutiã e hobby. Ela é fundadora do pequeno partido Social Democracia Alternativa. As outras duas - Alejandra Barrales e Lorena Villacicencio - são proeminentes integrantes do também esquerdista Partido da Revolução Democrática.Lorena posou usando jeans e um diminuto bustiê enfeitado de plumas. Alejandra, que optou por saia apertada e top, fez as fotos junto a um motor de avião."Hoje em dia, as mulheres têm o direito de decidir sobre seus corpos", disse Arenas, defendendo sua aparição na revista H para Homens. Depois que a revista chegou às bancas, as fotos foram reproduzidas nas primeiras páginas dos principais jornais do país.O jornal El Universal escreveu uma crítica dizendo que Alejandra e Lorena - vereadoras na Cidade do Médico - "não são muito boas legislando" e que Arenas "deve estar pensando que vai ampliar seu número de seguidores utilizando o erotismo".Menos conservador, o prefeito da Cidade do México, Alejandro Encinas, preferiu não criticar as fotos, dizendo que "todos têm o direito de decidir o que fazer com sua vida e seu corpo", ressaltando apenas que não compra "aquele tipo de revista".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.