Político chinês é executado por encobrir acidente

Um ex-membro do Partido Comunista da China foi executado por tentar encobrir um acidente em uma mina de estanho que matou 81 pessoas, anunciou o governo. Wan Ruizhong, ex-secretário do partido na região de Guanxi, no sul do país, foi sentenciado por ter recebido propinas de administradores da mina Lajiapo para encobrir o acidente, ocorrido em 17 de julho de 2001.Outras autoridades envolvidas foram sentenciadas a penas de mais de 20 anos de prisão. O caso causou comoção nacional, depois que se descobriu que os gerentes da mina haviam subornado autoridades para que o caso não fosse revelado. Não foi informado o método utilizado na execução de Wan, mas as cortes chinesas geralmente estipulam fuzilamento ou injeção letal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.