Político conservador acusado injustamente de pedofilia receberá R$ 605 mil da BBC

O político do Partido Conservador acusado erroneamente pela BBC de pedofilia receberá uma indenização de 185 mil libras, o equivalente a R$ 605 mil. "O acordo reflete a gravidade das alegações que foram feitas", disse a emissora, por meio de comunicado. Lord Alistair McAlpine se disse aterrorizado por ter sido citado na reportagem como pedófilo e por ter se transformado em uma figura vítima de ódio público. McAlpine, um aliado da ex-primeira-ministra Margaret Thatcher, foi amplamente nomeado na internet como sendo o político não identificado acusado em uma reportagem do principal programa da BBC, o Newsnight, de abusar de meninos em um lar de assistência social.

O Estado de S.Paulo

16 de novembro de 2012 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.