Político de oposição é achado morto em Ruanda

Um dirigente de um novo partido político de oposição foi achado morto em Ruanda, semanas antes de uma eleição presidencial no país africano, disseram o seu partido e a polícia nesta quarta-feira.

HEREWARD HOLLAND, REUTERS

14 de julho de 2010 | 18h32

André Kagwa Rwisereka, vice-presidente do Partido Democrático Verde, foi dado como desaparecido na manhã de terça-feira. Sua picape foi achada em um charco perto do rio Mukula, próximo da cidade de Butare (sul).

A morte dele deve elevar o clima de tensão na campanha para a eleição de agosto, na qual o presidente Paul Kagame é favorito. O Partido Democrático Verde não conseguiu se registrar a tempo de lançar candidato.

A polícia começou a investigar o crime, e diz que a motivação é desconhecida, embora haja suspeitas de roubo.

"O corpo dele foi encontrado hoje de manhã a 3 quilômetros do local onde seu carro foi achado, junto a um facão que pode ter sido usado na morte dele", disse o porta-voz policial Eric Kayiranga.

"Pessoas que o viram naquela noite disseram que ele tinha muito dinheiro, então suspeita-se que possa ser um caso de roubo."

Kayiranga disse que o político tinha ferimentos no peito.

Tudo o que sabemos sobre:
RUANDAOPOSICAOMORTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.