Polonês é suspeito de matar família na Ilha de Jersey

Um polonês de 30 anos é suspeito de matar a facadas a ex-mulher, os dois filhos, o ex-sogro, uma amiga da família e o filho dela. Os corpos foram encontrados na Ilha de Jersey, no domingo.

Agência Estado

15 de agosto de 2011 | 19h10

Damian Rzeszowski teve a prisão decretada e está hospitalizado, pois foi submetido a uma cirurgia por causa dos ferimentos a faca. A suspeita é a de que ele mesmo teria se ferido, tentando se matar após cometer os crimes. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unidoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.