Poloneses protestam contra ideia de enterrar presidente em catedral

Passeata e campanha na internet mostram resistência ao enterro em catedral para heróis nacionais.

BBC Brasil, BBC

14 de abril de 2010 | 12h12

A escolha do local onde deve ser sepultado o presidente polonês Lech Kaczynski, morto na queda de um avião no sábado, está causando protestos na Polônia.

Centenas de pessoas saíram às ruas para mostrar sua oposição ao plano de sepultar Kaczynski na Catedral de Wawel, em Cracóvia - um local reservado para os reis e heróis da nação.

Milhares de internautas aderiram também a uma campanha lançada no site de relacionamentos Facebook contra a ideia.

O plano das autoridades é sepultar Kaczynski e a esposa, Maria, em uma cripta perto de onde está Jósef Pilsudski, um revolucionário e estadista polonês morto em 1935 e que é considerado no país como uma das figuras políticas mais proeminentes de seu tempo.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai comparecer ao funeral de Kaczynski, assim como os líderes de Rússia, França e Alemanha.

Eleições

Líderes poloneses disseram que vão decidir uma data para as eleições presidenciais após o funeral de Kaczynski no domingo. Um documento parlamentar indicou "duas possíveis datas" - 13 ou 20 de junho.

O presidente interino da Polônia, Bronislaw Komorowski, deverá anunciar o dia exato depois de consultar partidos políticos.

Antes do acidente de avião, esperava-se que Komorowski, que preside o Parlamento, concorresse à Presidência.

Especula-se na Polônia que Jaroslaw Kaczynski, irmão gêmeo de Lech Kaczynski, lance seu nome em substituição a ele.

O acidente com o Tupolev-154 ocorreu na manhã do sábado, quando o avião se preparava para pousar no aeroporto da cidade russa de Smolensk. A delegação era esperada para uma cerimônia em memória de mais de 20 mil poloneses que morreram nas mãos de forças russas na floresta de Katyn durante a Segunda Guerra Mundial.

Todas as 96 pessoas a bordo morreram, incluindo líderes militares e civis, parlamentares e figuras importantes da elite intelectual polonesa no campo da cultura e história.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.